09/05/2018

SEMEADURA E COLHEITA




Lucas Lima - Luma Lima - Thiago de Castro



Este texto escrevi num domingo e é dedicado a todas as pessoas que têm coragem de lutar, e não se acomodam diante de desafios, em especial a Luma Lima de Castro, o Lucas Lima de Castro e o Thiago Rodrigues de Castro que herdaram dos pais a coragem de lutar, estudar e trabalhar, e fazendo na vida uma semeadura honesta e que honra seus avôs que diziam "Nome não se lava!" (João Medeiros) "Zele pelo seu nome!" (Toim Velame) e a quem interessar possa.


SEMEADURA E COLHEITA
                       Autor: Lucarocas

Quando na terra o suor
Cai pra regar a semente
Deus ali põe o melhor
Que Ele deu pra sua gente
E faz a vida brotar
Para então se confirmar
Seu amor onipotente.

Quem na lida do trabalho
Põe fé amor e esperança
Deus dá força e agasalho
Fortaleza a confiança
E num abraço de luz
Ele também o conduz
Em sua perseverança.

Quem cultiva com vontade
De só reter a riqueza
Deus mostra a fraternidade
Na mais pura da beleza
E mostra que o semear
Não deixa nada faltar
No reino da natureza.

E o que a semeadura
Faz pela a sobrevivência
Deus o toca com ternura
No plano da consciência
E mostra que a colheita
Terá medida perfeita
Pra toda sua existência.

Por isso o semeador
Que gosta de trabalhar
Verá que o seu labor
De certo vai compensar
Pois Deus em sabedoria
Vai lhe dar a cada dia
Os frutos do laborar.

Portando a semeadura
Deve sempre ser bem feita
Com a semente mais pura
Que na terra a vida aceita
Pra no findar da missão
Deus ponha em nossa mão
A merecida colheita.

Fortaleza, 06 de Maio de 2018.



05/09/2013

Livre Arbítrio




Faça pausa na Rádio para poder ouvir o vídeo


LIVRE ARBÍTRIO
                       Lucarocas

Livre arbítrio é uma escolha
Num tomar de decisão
É destacar uma folha
Pra podar a plantação
É pensar sempre no bem
Para cuidar de alguém
Com carinho e proteção.

Livre arbítrio é a vontade
De encontrar um caminho
E buscar a liberdade
De nunca ficar sozinho
É semear todo amor
Doando o bem de uma flor
Sem lhe ferir com espinho.

Livre arbítrio é se manter
Fiel em sua relação
Ou é então escolher
Viver em outra paixão
Maculando a fieldade
Numa enganosa verdade
Que machuca o coração.

Livre arbítrio é aceitar
Toda escolha que se faz
É na vida semear
Uma cultura de paz
É fazer da oração
Um silêncio de canção
Que sempre a vida nos traz.

Livre arbítrio é consumir-se
No ódio da solidão
É na vida destruir-se
Por negar o seu perdão
É se amargar em rancor
Ou perdoar com amor
A falha do nosso irmão.

Livre arbítrio é escolher
Entre a trilha e o cansaço
É a estrada percorrer
Ou negar primeiro passo
É ser sozinho em abrigo
Ou dividir com o amigo
O calor de um abraço.

Livre arbítrio é ensinar
O que aprendeu da lição
É a um irmão negar
A luz para escuridão
É guardar-se na arrogância
Deixando na ignorância
Quem precisa de instrução.

Livre arbítrio é semear
Nas trevas pontos de luz
É a pedra burilar
Pra o brilho que ela produz
É se irmanar com os seus
Num grande encontro de Deus
Nos ritos bons de Jesus.

Fortaleza, 02 de setembro de 2013.

26/03/2013

SENTIDO DE PÁCOA


 
 
 
 
 
 
 
 
 
           VIDA E LUZ
                    Lucarocas

       
      Quando o tempo nos concede
      O milagre do viver
A natureza percebe
Num raio de amanhecer
Que a grandeza da vida
É Deus quem faz acolhida
Pro milagre acontecer.

       Depois do milagre feito
       Na vida brilha uma luz
Cada ser se faz perfeito
No caminho que conduz
E cantando a liberdade
Buscamos felicidade
Nos ensinos de Jesus.

Se no nosso caminhar
Nos acompanhar a dor
O tempo nos vai mostrar
A luz em seu esplendor
Então o nosso caminho
Terá a dor do espinho
Transformado em uma flor.

Se por ventura a tristeza
Tocar nosso coração
Lembremos toda grandeza
Que reside em simples grão
Partindo da simples forma
Com Deus o homem transforma
Na grandeza de ser pão.

O ser estando sozinho
Não deve sentir-se mal
Lembre a pureza do vinho
Que veio de um parreiral
E que Jesus consagrou
Quando seu sangue doou
Para a paz universal.

Se por acaso um amigo
Te cometer uma traição
Não lhe deseje perigo
Reze lhe dando o perdão
Pois até o Senhor Cristo
Passando também por isto
Deixou a sua lição.

Juntando vida e amor
Na mesa com vinho e pão
Decoramos com a flor
Que tem a cor do perdão
E num toque celestial
Todo festejo pascal
Se faz na ressurreição.

Renascido para a vida
Encontramos nova luz
Sem dor e sem despedida
Sem o sofrer de uma cruz
Ficamos todos felizes
Pois em nossas diretrizes
Quem nos guia é Jesus

19/03/2013

Fé no Santo


          FÉ NO SANTO

                         Lucarocas

Um homem em seu roçado
Lamentava a sequidão
E de tanto desolado
Pela seca do sertão
Pôs na prece o seu lamento
E viu naquele momento
Lágrimas molhar o chão.

Quanto mais ele chorava
Na prece se lamentando
Muito mais terra molhava
E via o chão encharcando
E a terra ressequida
Agora dava guarida
Para a semente ir plantando.

Sentiu o seu corpo suado
Com o esforço que fazia
E olhando pro seu lado
Viu o milagre que havia
O céu em sua beleza
Bendizia a natureza
Com a chuva que caia.

O homem pisou o chão
Fez covas com o seu pé
Semeou ali um grão
Na prece botou mais fé
Olhou pro céu com alegria
E agradeceu mais um dia
Desse santo São José.

Fortaleza, 19 de Março de 2013.

                    

08/03/2013

A FORÇA DA MULHER


                    Lucarocas

  O tempo não intimida
  Seu valor de criação
  Não faz sua dor sofrida
  Vagar na desilusão
  Pois toda sua esperança
  Chega a virar confiança
  Na paz do seu coração.

  Seu riso se faz canção
  Seu choro se torna hino
   E toda desilusão
   É um moldar de destino
   Mostrando que sua raça
   Recebe sempre a graça
   E a benção do Divino.

  O amor é inquilino
   Da grandeza do seu ser
   Sua mensagem ensino
   Pra sempre melhor viver
   Sua doçura e afeto
   São os amparos de teto
   Para o filho proteger.

  Seu ato de defender
  Seu direito à liberdade
  É força que faz tremer
  Certa masculinidade
  Mas no ato da paixão
  Usa todo o coração
  Para valer sua vontade.

  É esse ser de verdade
  Que sofre muita injustiça
  E vive a realidade
  Do desejo e da cobiça
  Que sabe no bem amar
  Fazer um homem sonhar
  No seu dever de justiça.

  Esse ser que enfeitiça
  Transforma todo caminho
  Com a sua fé atiça
  A pureza do carinho
  E escreve com vigor
  Vários poemas de amor
  Para não ficar sozinho.

 O teu colo é sempre ninho
 O seu seio é proteção
 Traz o bom cheiro de pinho
  No bico do coração
  E o seu encantamento
  Transforma todo lamento
  Na mais suave canção.

  Esse ser que é sim e não
   Pra agradar quem quiser
   Na boca traz proteção
   De um batom rosicler
   Merece nossa homenagem
   Nesse poema mensagem
   A força de uma mulher.